16 de maio de 2011

Ministério do Planejamento discute democracia na era digital com a sociedade


12/05/2011
Do Portal da Inclusão Digital
por Natasha Izabel Costa Reis
O lançamento foi no 4º Congresso Internacional Software Livre e Governo Eletrônico (Consegi 2011), que prossegue até sexta-feira, em Brasília.Segundo o secretário Delfino de Souza, o Inda -Infraestrutura Nacional de Dados Abertos será uma referência para a pesquisa, acesso e compartilhamento de informações do governo de forma centralizada, oferecendo ao cidadão mais visibilidade, cruzamento e uso efetivo dos dados gerados pela máquina administrativa. O novo portal entrará no ar este ano.
O Consegi foi escolhido para a assinatura da carta de aceitação do programa Framework Deimoselle, solução que vai facilitar, por exemplo, o trabalho dos programadores na hora de criar um portal. A aplicação estará disponível no portal do
Software Público Brasileiro (SPB), a partir desta semana e poderá ser baixado gratuitamente por qualquer pessoa. O Deimosell traz um conjunto de códigos para agilizar o desenvolvimento de um sistema e o seu reaproveitamento por outros usuários.
Oficinas – A programação do evento conta com seis oficinas que vão abordar o uso de outros programas que estão no SPB, como o Jaguar (conjunto de ferramentas para construção de sistemas), Ases (recursos voltados à acessibilidade de pessoas com deficiência), e-cidade (integração informatizada dos órgãos municipais), i-educar (centraliza informações do sistema educacional), Ginga (aplicações interativas para TV Digital) e o Snep (configuração de centrais telefônicas).
A SLTI também está divulgando o novo Guia de Serviços Públicos ao Cidadão. É uma espécie de catálogo que estará na internet, no qual o usuário poderá obter diversas informações, como procedimentos para obter documentos, emissão de certidões negativas e andamentos de processos. Para isso, o interessado não precisará mais visitar vários sites. Bastará apenas uma consulta no guia, que o redirecionará ao portal do serviço pesquisado.
Fonte: www.planejamento.gov.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário