9 de fevereiro de 2014

Informática para a terceira idade

Com a evolução tecnológica que temos vindo a presenciar nestas duas últimas décadas, podemos afirmar que a tecnologia veio para ficar e que independentemente das idades, esta encontra-se presente em todos os locais da nossa sociedade e marca presença em todos os lares e como tal não são os mais novos que se veem como confrontados com uma nova realidade mas sim os que vieram antes de nós e que nasceram num mundo em que o computador e outros gadgets vieram apenas mais tarde.
Uma coisa é certa, não há idade para se aprender! A tecnologia está aí a serviço de todos. As possibilidades da informática são imensas e podem facilitar a vida de todas as pessoas sem preconceitos quanto à idade, classe social ou gênero. Diante deste fato, cada vez mais se vê pessoas com mais idade procurando instruir-se e aprender a lidar com as oportunidades e facilidades que os computadores podem propiciar, num mundo em que a informática ocupa um lugar estridente na nossa forma de funcionar em comunidade nesta aldeia global informatizada.
Existem inúmeras opções de cursos, prazos, tempos e modalidades. Há cursos específicos para pessoas com idade avançada, no qual o tempo de cada uma é respeitado, porém muitas pessoas com mais idade preferem buscar conhecimentos em cursos normais, sem delimitação de idade. A escolha fica por conta de cada um, porém é importante não parar no tempo e buscar outras formas de distração, trabalho e interação com o mundo.
A informática é a melhor opção atual para isso. Nela se pode comprar, conhecer novas pessoas, reencontrar antigos amigos, estudar, formar-se à distância e ficar a conhecer locais e culturas distantes, entre inúmeras outras possibilidades. Quem não está a par dessa tecnologia, fica distante de um mundo de oportunidades e interação não apenas tecnológica, mas também com todo um outro mundo.
Uma vez chegando à terceira idade, muitas pessoas pensam ainda que não são capazes de utilizarem o recurso da informática e ficam abismadas como seus netos têm tanta facilidade de manusear tais instrumentos. Quando tentam utilizar um computador, se deparam com uma dificuldade de lidar com esta nova tecnologia, o que por vezes, pode ser igualmente desmotivador é o fato que, muitos adultos, filhos e netos não terem paciência, por já dominarem a máquina, de passar informações e ensinar os mais velhos a trabalharem no computador.
A dica é procurar cursos ou aulas particulares com profissionais qualificados para ensinar e dar dicas do manuseio dos computadores. Para usar a informática não há limite de idade, as opções estão abertas para todos, independentemente da idade que tenham. As capacidades quanto à aprendizagem também são as mesmas. Uma pessoa de mais idade talvez exija um tempo maior para lidar com a máquina que uma criança que desde cedo já tem contato com a informática, mas de igual forma, dedicando-se conseguirá usufruir das possibilidades que os computadores, programas e internet podem dar.
A grande diferença que distingue a aprendizagem da informática na terceira idade é romper barreiras e pré-conceitos impostos pelos mais velhos de que informática é para os jovens, acabar com o receio do manuseio da máquina e mostrar a amplitude do mundo virtual, já que os mais velhos viviam com a dimensão da realidade próxima, do palpável e do que poderia ser visto. A informática vai muito além disso, amplia mundos e concepções. O objetivo da informática na terceira idade é facilitar a vida da pessoa nas suas atividades diárias. Daí a importância de conhecer as possibilidades da informática e focar a aprendizagem naquilo que de fato vai ser necessário e importante.
Há pessoas idosas que usam a informática apenas para escrever cartas, outras só querem lidar com a internet, outras querem fazer transações bancárias para não precisarem mover-se aos bancos. Para cada pessoa uma necessidade e uma oportunidade que o computador oferece. A sensibilidade de quem ensina informática na terceira idade é mostrar ao idoso as ofertas e ensinar com calma e paciência o que ele realmente busca nessa tecnologia, aumentando sua autoestima e mostrando que todos são capazes quando se preparam e buscam conhecimentos que os qualificam para o que querem fazer.
A informática na terceira idade só vem a trazer benefícios, além de ser uma excelente atividade mental, pois auxilia na manutenção da memória, proporciona também a apreensão de algo novo e valoriza a vida e a experiência das pessoas, enquanto seres humanos, vivendo neste planeta e que têm agora de fazer parte um planeta interligado, não só fisicamente mas também digitalmente.


IMAGENS: Arquivo da Click Informática
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário