9 de junho de 2015

O Amor na Era dos Computadores

Se fôssemos considerar a evolução do amor diante de tantas tecnologias:
Do portão da casa, o namoro migrou para a tela do computador. Lá, no chamado “mundo virtual”, cartas de amor cederam lugar para postagens em redes sociais.

Anos 1980
Nesta década, o finlandês Jarkko Oikarinen criou o primeiro site de relacionamento: o antigo IRC (Internet Relay Chat). Sem querer, ele inventou o namoro virtual.

Anos 1990
Seja através de sites de relacionamento, seja através de salas de bate-papo, a internet estimulou encontros virtuais.

Anos 2000
Em vez de cartas de amor, os jovens passaram a escrever torpedos de amor. Pedir o telefone da garota mais bonita, por exemplo, caiu em desuso. A moda agora é: “Me passa o seu MSN?”. Segundo um estudo da Universidade de Cornell (EUA), 81% dos internautas costumam pregar mentiras virtuais. Eles, sobre a altura, e elas, o peso. Já a pesquisa Flertebook, promovida pelas agências Blue Id e New Vegas, revelou que 48,2% dos usuários do Facebook usam a rede social para... azarar. 

Dias de hoje
GPS, aplicativos e redes sociais turbinaram a paquera virtual.
FONTE: Saraiva conteúdo (trechos da matéria)
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário