9 de fevereiro de 2015

A Sociedade da Informação

Você consegue imaginar o seu papel, como educador, em uma sociedade em que as tecnologias geram profundas mudanças? Como entrar em sintonia com as características da sociedade contemporânea? Como estar preparado para formar as novas gerações diante das mudanças frequentes e rápidas dessa sociedade?
Chamada por alguns pensadores de sociedade da tecnologia; por outros, de sociedade da informação*, do conhecimento ou, ainda, de sociedade da aprendizagem, a sociedade contemporânea se caracteriza pela rapidez e abrangência de informações. A realidade do mundo, atualmente, requer um novo perfil de profissional e de cidadão que traga para a escola novos desafios. Encontramos, no cotidiano, situações que demandam o uso de novas tecnologias e que provocam transformações na nossa maneira de pensar e de nos relacionar com as pessoas, com os objetos e com o mundo ao redor.

*Sociedade da Informação: conceito firmado a partir da década de 1980, a fim de denominar os efeitos resultantes da junção entre a informática e as telecomunicações, as chamadas Tecnologias de Informação (TI), responsáveis pela elevada produção e edição de informações, com enorme escala para difusão e recepção dessas informações por pessoas, empresas e instituições, sem amarras de tempo e espaço.

Os estudantes precisam ser preparados para utilizar os sistemas culturais de representação do pensamento que marcam a sociedade contemporânea, o que implica em novas formas de letramento ou alfabetização (sonora, visual, hipermidiática etc.), próprias da cibercultura*, além das demais formas já conhecidas. A exigência de aprender, continuamente, ao longo da vida, constitui, na sociedade atual, um desafio para todas as pessoas e uma necessidade premente colocada aos educadores. Não se trata, evidentemente, apenas de ter acesso às informações, mas, sim, de saber buscá-las em diferentes fontes e, sobretudo, saber transformá-las em conhecimentos para resolver problemas da vida e do trabalho.

*Cibercultura: o próprio termo Cibercultura tem vários sentidos. Mas se pode entender por Cibercultura a forma sociocultural que advém de uma relação de trocas entre a sociedade, a cultura e as novas tecnologias de base microeletrônicas surgidas na década de 70, graças à convergência das telecomunicações com a informática.

FONTE
Curso Tecnologia na Educação: Ensinando e aprendendo com as TICs
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário