27 de fevereiro de 2016

Conheça algumas características da geração Y ou millennials

Os jovens nascidos até o ano 2002, definidos como gera­ção Y ou millennials e os da chamada geração Z, que in­clui os nascidos em anos mais recentes, foram os primeiros a estarem imersos em tecno­logia praticamente desde seu nascimento, o que foi deter­minante para o desenvolvi­mento de seu estilo de comu­nicação e aprendizagem.

Segundo o artigo “The Net Generation in the Classroom”, de Scott Carlson, publicado em 2005 no The Chronicle of Higher Education1, são bem características dessa geração a facilidade no uso de novi­dades tecnológicas, a dificul­dade em manter a atenção em algo, a confiança em sua ha­bilidade de fazer várias coisas ao mesmo tempo, a saturação de informações e a crença de que sabem tudo – fatores que representam um desafio real para os professores e para a educação como um todo.

Carlson nota ainda que es­ses jovens são espertos, mas impacientes, querendo sempre resultados imediatos. Outras características importantes: eles estão mais familiarizados com a diversidade do que com o tradicional (o que se explica em parte pelo amplo acesso à informação permitido pela tec­nologia e pelo fato de cresce­rem em um contexto em que os modelos tradicionais estão ruindo – boa parte deles vem de uma família com pais di­vorciados, por exemplo).

Isso influencia a maneira como veem os estudos e o trabalho, buscando frequentemente for­mas de misturá-los com o la­zer e rejeitando modelos e ro­tinas engessados.

“Por outro lado, eles têm sido notados como mais aptos a controlar o próprio aprendizado e escolher métodos tecnológicos e não convencionais para aprender melhor. O crescimento do ensino a distância, com o uso de vídeos em vez de aulas presenciais, é um ótimo exemplo dessa característica”, escreve Scott Carlson. Ainda no tema educação, é interessante notar que, por terem chegado à escola em uma época em que o trabalho em grupo era largamente incentivado, esse estilo de trabalho e aprendizado continua sendo o preferido da maioria.

BIBLIOGRAFIA
PRADO, Ana. Entendendo o aluno do Século 21 – E como ensinar a essa nova geração. Geekie – Educação & Evolução, Junho/2015.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário